No passado, o Sensor NTC era conhecido apenas apenas para Medição de Temperatura. Hoje, se tornaram indispensáveis para medir os níveis de líquidos em tanques, na proteção térmica de motores e transformadores, entre tantas outras usabilidades.

Dada a sua abrangência e variedade de aplicações, e apesar da grande quantidade de tamanhos e formatos dos sensores NTC, é impossível fabricar um padrão de sensor de temperatura, pois suas aplicações são infinitas e o sensor utilizado por exemplo, para automóveis é totalmente diferente de um sensor utilizado para medir a temperatura de turbinas eólicas.

Sensor NTC na inovação automotiva

Qualquer produto que gere energia, quente ou frio, é necessário a utilização de um sensor de temperatura, e com os automóveis não é diferente.
Em 1966, os veículos automotivos usavam cerca de dois sensores por unidade para informar diversos medidores e módulos de controle eletrônico.
Na década de 1970 esse número cresceu para 15, na década de 1980 para 40 sensores de temperatura, e na década de 90 havia 60 termistores em veículos. 
Hoje, os veículos automotivos usam entre 80 e 100 sensores.

Este aumento exponencial de Sensores de Temperatura tem sido principalmente alimentado ao longo do tempo pela complexidade e refinamento da tecnologia em veículos automotivos.
Como a tecnologia automotiva cresceu, a demanda por sensores consequentemente aumentou.
A necessidade de detectar, regular e controlar a temperatura nos veículos pode ser vista em aquecedores e condicionadores de ar, medidores de temperatura do óleo, desembaçadores, baterias de íon-lítio em veículos elétricos e até mesmo nos sistemas de aquecimento e resfriamento regular e controlar a temperatura da cabine dos veículos.

Como exemplo, os termostatos que no passado eram usados ​​para controlar a temperatura do ar condicionado e temperatura do clima da cabine, agora foram substituídos por um sensor NTC, que tem um tempo de resposta mais rápido, além de ser mais preciso. Outra aplicação de Sensores NTC na Inovação Automotiva indispensável, é a capacidade de detectar níveis de óleo e viscosidade e, em seguida, alertar o motorista ou operador quando alterá-lo.

A Inteligência Artificial caminha lado a lado com a inovação dos sensores NTC, tudo em prol da conveniência do motorista e de sua segurança.
A necessidade de sentir e regular a temperatura entre outras funções que podem ser atribuídas os sensores NTC na inovação automotiva, faz com que a indústria que fabrica os sensores, como a Liohm, busque cada vez mais soluções para otimizar o uso dos Sensores de Temperatura dentro das inovações automotivas.

Share This
×